segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Estações Meteorológicas Clássicas


Parques Meteorológicos
Apresenta-se uma descrição resumida dos principais equipamentos e sistemas meteorológicos instalados no Centro de Coordenação de Évora para a execução dos programas de observação para fins sinóticos e climatológicos.
O parque meteorológico é o recinto onde são instalados e permanecem em funcionamento todos os equipamentos de uma estação meteorológica. A escolha do local obedece a critérios técnicos, estabelecidos a nível mundial, que correspondem à existência de condições adequadas para a utilização dos equipamentos e em particular de condições para uma boa exposição dos sensores meteorológicos e da garantia da continuação das mesmas.

- Abrigo Meteorológico
- Termo-Higrógrafo
- Termómetros de Profundidade
- Termómetro de Temperatura Máxima e Mínima do Ar
- Termómetro de Temperatura Mínima da Relva
- Evaporímetro de Piche

Observação da Precipitação
O objetivo da medição de precipitação é obter o máximo de informação possível sobre a quantidade de precipitação caída num dado intervalo de tempo. É também necessário determinar a sua distribuição no tempo e no espaço.
A quantidade de precipitação que atinge o solo num dado intervalo de tempo exprime-se pela altura que atingiria numa superfície horizontal, à superfície do Globo sob condição de não haver perdas nem por infiltração, nem por evaporação, nem por escoamento. Além disso, a precipitação caída sob a forma de neve ou gelo é tratada como se estivesse fundida, e portanto, no estado liquido.
O principal objetivo de qualquer método de medição da precipitação é obter uma amostra verdadeiramente representativa da precipitação caída sobre a região a que se refere a medição.

A quantidade de precipitação é medida em milímetros.
- Udómetro
- Heliógrafo
- Udográfo
- Anemómetro e Catavento
- Evaporímetro (TINA Classe A)
- Pressão Atmosférica

sábado, 28 de novembro de 2015

Instrumentos Presentes nas Estações Meteorológicas Clássicas - Termo-Higrógrafo


Instrumento para registo da temperatura e da humidade do ar.
Utiliza como sensores, para a temperatura, uma lâmina metálica especial, e para a humidade, um feixe de cabelos.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre o Litoral - Espaço de Contacto entre a Terra e o Mar


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



sábado, 21 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre Alterações Climáticas


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre O Clima e as Formações Vegetais


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



terça-feira, 17 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre os Elementos do Mapa


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



domingo, 15 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre os Rios


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Geografia - Powerpoint sobre Orientação


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box



quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Geografia - Ficha de Trabalho


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Geografia - Ficha Formativa


Download 1 - Dropbox
Download 2 - Mega
Download 3 - Google Drive
Download 4 - Box

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Instrumentos Presentes nas Estações Meteorológicas Clássicas - Termómetro de temperatura máxima e mínima


Termómetro de temperatura máxima
É um termómetro de mercúrio que tem um estrangulamento do tubo capilar entre o reservatório e o início da escala, permitindo a passagem forçada do mercúrio para o lado da escala quando a temperatura sobe, impedindo o seu regresso natural ao reservatório, quando a temperatura baixa. A coluna de mercúrio no tubo capilar fica retida e a sua extremidade indica a temperatura máxima num determinado período.

Termómetro de temperatura mínima
O termómetro de mínima utilizado é o de álcool tendo no seio do líquido transparente um indicador de vidro opaco e escuro (estilete), com cerca de 1.5 cm de comprimento. Quando a temperatura desce o estilete é arrastado por aderência ao menisco da coluna líquida, devido às forças de tensão superficial; logo que a temperatura começa a subir o estilete fica retido na posição correspondente ao valor mais baixo atingido pelo extremo da coluna, devido ao ligeiro atrito do estilete nas paredes do tubo capilar. Para preparar este termómetro inclina-se, com o respetivo reservatório para cima, até que a extremidade do estilete toque no menisco da coluna líquida, instalando-o de seguida no abrigo horizontalmente.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Instrumentos Presentes nas Estações Meteorológicas Clássicas - Termómetro de Temperatura Mínima de Relva



Este instrumento indica a temperatura mínima do ar junto ao solo.
É constituído por um termómetro de mínima de álcool, semelhante ao termómetro de mínima do ar. Este instrumento é exposto horizontalmente sobre relva curta, com o depósito quase em contacto com as folhas da relva.

domingo, 1 de novembro de 2015

Instrumentos Presentes nas Estações Meteorológicas Clássicas - Heliógrafo


Instrumento para o registo da duração de sol descoberto (insolação).
É composto por uma lente esférica que concentra os raios solares sobre uma tira de papel (cartões), produzindo nesta traços de carbonização sempre que o sol está descoberto.
Estes cartões são mudados e analisados diariamente, em horas e décimos.
O suporte esférico dos cartões é provido de três pares de fendas para colocação de três tipos de cartões (Equinociais, Inverno e Verão) a utilizar durante o ano de acordo com a declinação do sol.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...